Cultura e Recuperação Histórica na Semana dos Museus 2014

Maio 2014

De 12 a 16 de Maio, na sede do Museu da Vitivinicultura de Santa Catarina - MUVISC, em Tangará, aconteceram diversas atividades em prol da 12ª Semana Nacional dos Museus, evento organizado pelo IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus) e que promoveu diversas atividades culturais em todo o país.

Luiz Panceri – historiador responsável pelo MUVISC, nos relata que: “O que percebemos hoje, é que perdemos a paciência de esperar as coisas acontecerem em seu tempo devido, se pudermos acelerar a maturação das uvas, o crescimento do milho, anteciparmos a colheita, tudo isso o fazemos. Antigamente as coisas levavam muito tempo até acontecerem, mas nem por isso existem menos histórias para serem contadas sobre aquela época, pelo contrário, as adversidades e os desafios eram tão grandes, que se produziam histórias interessantíssimas e que muitas vezes as gerações atuais não imaginam que realmente aconteceram, só veem releituras nos filmes.”

Foi percebendo isso e na tentativa de recuperar as histórias que datam mais de 100 anos, que nos dias 12, 13 e 14 os alunos da rede pública municipal de ensino de Tangará, visitaram o Museu. Em continuidade às atividades, no dia 15 houve a apresentação do espetáculo teatral “Angelo e Amábile – os Imigrantes”, que contou um pouco da saga da imigração italiana chegando ao Brasil até o momento em que eles conseguiram produzir o tão valioso vinho. O casal de atores conseguiu, no improviso e com bastante interatividade, dar vida às inúmeras histórias que o Museu traz e que foram contadas durante as visitas.

O público entrou na dança, literalmente, pois teve até performance de alunos e professores, encenando a tradicionalíssima “Bella Polenta”.